O lado perverso da felicidade digital

o-lado-perverso-da-felicidade-digital

Casas minimalistas, alimentação vegan, prática de yoga e meditação, relacionamentos exemplares, auto-estima inquebrável. São estes alguns dos exemplos que fazem parte do estilo de vida das bloggers que falam sobre temáticas como a felicidade, desenvolvimento pessoal, coaching ou minimalismo.


Tudo o que escrevem e partilham sobre a sua vida é inspirador. Porque é esse o propósito que as move. Inspirar outras pessoas. ´

Mas toda esta aparente perfeição da felicidade digital, embora bem intencionada, traz consigo um lado perverso. 

Eu, enquanto blogger, há dias em que o vivencio.


Para quem escreve, existe um sentimento de quase obrigatoriedade em criar uma personagem, que seja sempre otimista e inspiradora. Mesmo que inconscientemente, esta pressão é criada. Para quem lê, existe a eterna frustração de não conseguir ser sempre iluminada como a (personagem) que gosta de acompanhar.

Ambas, blogger e leitora, tentam alcançar algo que não existe. E, por isso, é importante trazer mais realidade à felicidade digital.

Falo por mim, mas sei que falo por tantas outras bloggers. A nossa motivação é genuína mas é impossível sermos sempre inspiradoras, otimistas e certas no nosso caminho.

Também temos dias em que comemos o que não devíamos, assistimos trash TV, falamos mal dos outros e nos sentimos completamente perdidas.

E outros há em que a nossa ementa é equilibrada, lemos um bom livro, conseguimos não julgar e sentimos qual o rumo certo a seguir.

E é importante dizer isto. É altura de reduzir os filtros. Falar de coração aberto. Mostrar a beleza que existe nos sítios prováveis e improváveis.

Porque acredito que quanto mais honestas forem as partilhas sobre felicidade, mais elas têm hipótese de gerarem mudanças nas nossas vidas.

Afinal, cada uma de nós, seja blogger, leitora ou as duas coisas, está a passar pelo seu próprio processo. E cada um deles, sem excepção, tem altos e baixos, avanços e retrocessos, lágrimas e sorrisos, certezas e dúvidas.

Estamos juntas :) 

Photo by Aily Torres on Unsplash

Comentários

  1. cada uma tem um processo mesmo, e eu gosto de ler experiências reais♥ assim como vc fez nesse post, abrindo o coração e mostrando o que sente de verdade! Estamos juntas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só assim faz sentido, não é?
      Afinal, somos todas humanas e autenticidade pode ser tão poderosa!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Precisamos mesmo disso: de falar de coração aberto <3 Temos de falar das coisas boas mas também temos de falar das coisas más, as duas fazem parte de todo o processo e irão sempre fazer parte da nossa vida. Há que falar das 2, sem medos <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, e não criar uma ilusão de que há processos sem erros ou tropeções. Faz parte e é importante entendermos isso.
      Beijinho enorme

      Eliminar
  3. Sofia,

    Gostei do seu post. Precisamos ser mais coerentes - não é algo fácil, pois muitas vezes nossas intenções são as melhores possíveis, mas os resultados não são os que esperávamos. Mas como você disse, estamos sempre aprendendo. Acredito que ter consciência desse fato faz toda diferença.

    Abraços,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu comentário. Claro que nem sempre corre como esperado, somos humana e imperfeitas. Mas termos boas intenções é o mais importante :)
      Beijinho enorme

      Eliminar
  4. Tão bom Sofia :)
    Concordo contigo em serem sinceros :)
    Mas como leitora, gosto de ler os relatos bons para me dar força e coragem para seguir em frente :) E é nesse sentido que gosto tanto de te ler :)
    Beijinhos grandes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandrinha, sempre presente aqui no meu blog... muito obrigada :)
      És daquelas pessoas que me tem acompanhado e me fazem querer continuar a escrever e partilhar da forma mais honesta que conseguir.
      Beijinhos!

      Eliminar
    2. Obrigada Sofia, mas eu estar sempre presente aqui no teu blog, é só mérito teu :)
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  5. Sofia,

    Me identifiquei muito com suas palavras.
    Acredito que precisamos ser honestas e coerentes em nossos posts - assim além de ajudarmos os leitores, as mudanças serão realmente visíveis em nossas vidas.
    Por isso, acho que precisamos escrever sobre algo que faça mesmo sentido para nós.

    Seu blog é muito bom, já está em meu blogroll.

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderEliminar

Enviar um comentário